Notícias

30 Nov
Microprogramação de Mídia

Microprogramação de Mídia

Em uma estratégia de mídia é importante levar em consideração como a verba será distribuída durante a campanha. Claro que não existem regras fixas, mas é comum utilizarmos umas das 04 categorias abaixo para guiar o planejamento de mídia.

1 - Continuidade: Nesse caso a distribuição é uniforme com uma exposição mais regular dos anúncios durante toda a campanha, sem oscilações entre períodos mais fortes e fracos. É indicado para casos de ampliações de mercado onde a compra de serviços ou produtos é feita com frequência.

2 – Concentração: Aqui a veiculação é feita toda em um único período específico. Essa opção é muito usada em campanhas pautadas pela sazonalidade, como liquidações, eventos, anúncios relacionados a uma estação.

3 – Alternância: Períodos fortes de exposição são intercalados com pausas e hiatos periódicos na veiculação. É uma estratégia utilizada quando há escassez de verba ou se o ciclo de compra é descontínuo.

4 – Intermitência: Alternância entre períodos fortes de exposição, seguidos de períodos mais fracos. Neste caso não há uma pausa na campanha, e sim uma alternância da força. É também indicado em casos de limitação de verba. Apresenta normalmente um resultado positivo de compreensão da mensagem por parte do público.

16 Jun
Cannes Lions 2019

Cannes Lions 2019

Começa neste dia 17/06 a 66° edição do Festival de Criatividade Cannes Lions. Serão 05 dias de premiação para escolher as melhores criações publicitárias mundiais divididas em 27 categorias. Um evento essencial para todo o mercado entender as tendências e abordagens que estão se mostrando mais eficientes neste momento de transformação. Existem vários sites e jornais brasileiros fazendo ótimas coberturas em tempo real, aproveite!

13 Jun
Vision Center Hospital de Olhos

Vision Center Hospital de Olhos

A partir deste mês, a Iberika começa a atender a conta do Vision Center Hospital de Olhos. São 03 unidades localizadas em Presidente Prudente, Regente Feijó e Santo Anastácio, todas com tecnologia de ponta e o que há de mais atual no segmento de Oftalmologia. Nosso projeto inicial consiste em construir um posicionamento online através de um novo website e criação de conteúdos semanais para redes sociais.

13 Abr
Realidade Aumentada

Realidade Aumentada

De uns tempos pra cá, tem sido impossível ler um artigo ou assistir uma palestra sobre o futuro da Publicidade e não ouvir algo relacionado à Realidade Aumentada.

Já vimos muitas promessas que não vingaram, e quem está no mercado há algum tempo já está calejado com o volume de promessas messiânicas relacionadas a transformações que o mundo do marketing pode sofrer.

Mas as primeiras e empolgantes possibilidades que a Realidade Aumentada já nos mostrou em pouco tempo de vida fez com que a natural desconfiança tenha dado lugar a um forte otimismo de muitos players do setor.

As aplicações são muitas. Ao apontar o smartphone para um objeto qualquer e ele interagir com animações em 3D, vídeos, áudios, jogos nos revela um cenário que tem tudo para ser explorado com criatividade e lucratividade pelas empresas.

E aos poucos, a geração dos Millennials junto com a Geração Z (os Millennials anabolizados) começam a perceber que o smartphone pode se transformar em uma nova ferramenta, oferecendo experiências inéditas e amplamente imersivas.

Nos faz lembrar a cena inicial de 2001 – Uma Odisseia no Espaço, onde um primata percebe que um simples osso, algo que esteve sempre nas suas mãos, pode ser usado como uma nova ferramenta. E deste momento para frente, o mundo deixa de ser o mesmo, e a evolução faz o seu papel.

Últimas notícias

Nova conta

31 de janeiro

Notícias

30 Nov
Microprogramação de Mídia

Microprogramação de Mídia

Em uma estratégia de mídia é importante levar em consideração como a verba será distribuída durante a campanha. Claro que não existem regras fixas, mas é comum utilizarmos umas das 04 categorias abaixo para guiar o planejamento de mídia.

1 - Continuidade: Nesse caso a distribuição é uniforme com uma exposição mais regular dos anúncios durante toda a campanha, sem oscilações entre períodos mais fortes e fracos. É indicado para casos de ampliações de mercado onde a compra de serviços ou produtos é feita com frequência.

2 – Concentração: Aqui a veiculação é feita toda em um único período específico. Essa opção é muito usada em campanhas pautadas pela sazonalidade, como liquidações, eventos, anúncios relacionados a uma estação.

3 – Alternância: Períodos fortes de exposição são intercalados com pausas e hiatos periódicos na veiculação. É uma estratégia utilizada quando há escassez de verba ou se o ciclo de compra é descontínuo.

4 – Intermitência: Alternância entre períodos fortes de exposição, seguidos de períodos mais fracos. Neste caso não há uma pausa na campanha, e sim uma alternância da força. É também indicado em casos de limitação de verba. Apresenta normalmente um resultado positivo de compreensão da mensagem por parte do público.

16 Jun
Cannes Lions 2019

Cannes Lions 2019

Começa neste dia 17/06 a 66° edição do Festival de Criatividade Cannes Lions. Serão 05 dias de premiação para escolher as melhores criações publicitárias mundiais divididas em 27 categorias. Um evento essencial para todo o mercado entender as tendências e abordagens que estão se mostrando mais eficientes neste momento de transformação. Existem vários sites e jornais brasileiros fazendo ótimas coberturas em tempo real, aproveite!

13 Jun
Vision Center Hospital de Olhos

Vision Center Hospital de Olhos

A partir deste mês, a Iberika começa a atender a conta do Vision Center Hospital de Olhos. São 03 unidades localizadas em Presidente Prudente, Regente Feijó e Santo Anastácio, todas com tecnologia de ponta e o que há de mais atual no segmento de Oftalmologia. Nosso projeto inicial consiste em construir um posicionamento online através de um novo website e criação de conteúdos semanais para redes sociais.

13 Abr
Realidade Aumentada

Realidade Aumentada

De uns tempos pra cá, tem sido impossível ler um artigo ou assistir uma palestra sobre o futuro da Publicidade e não ouvir algo relacionado à Realidade Aumentada.

Já vimos muitas promessas que não vingaram, e quem está no mercado há algum tempo já está calejado com o volume de promessas messiânicas relacionadas a transformações que o mundo do marketing pode sofrer.

Mas as primeiras e empolgantes possibilidades que a Realidade Aumentada já nos mostrou em pouco tempo de vida fez com que a natural desconfiança tenha dado lugar a um forte otimismo de muitos players do setor.

As aplicações são muitas. Ao apontar o smartphone para um objeto qualquer e ele interagir com animações em 3D, vídeos, áudios, jogos nos revela um cenário que tem tudo para ser explorado com criatividade e lucratividade pelas empresas.

E aos poucos, a geração dos Millennials junto com a Geração Z (os Millennials anabolizados) começam a perceber que o smartphone pode se transformar em uma nova ferramenta, oferecendo experiências inéditas e amplamente imersivas.

Nos faz lembrar a cena inicial de 2001 – Uma Odisseia no Espaço, onde um primata percebe que um simples osso, algo que esteve sempre nas suas mãos, pode ser usado como uma nova ferramenta. E deste momento para frente, o mundo deixa de ser o mesmo, e a evolução faz o seu papel.

Últimas notícias

Nova conta

31 de janeiro